Lazer
Fotógrafa Nayara Andrade vence “Oscar” com retratos

Nayara soma mais de 200 prêmios em sua carreira como fotógrafa

A fotógrafa de São Vicente, Nayara Andrade, conquistou o terceiro lugar do prêmio Golden Lens Awards, considerado o “Oscar da Fotografia”, na categoria Retratos. A premiação aconteceu na quarta-feira, dia 1º, durante uma live. Atualmente, ela é uma das poucas mulheres no ranking de grandes associações de fotógrafos a nível mundial.

Nayara já soma mais de 200 prêmios em sua carreira de fotógrafa e em 2019 também conquistou o Golden Lens Awards na categoria Família. Em 2021, a profissional concorreu pela primeira vez ao prêmio da categoria Retratos e já estava entre os favoritos. Ainda nesse ano, conquistou o prêmio Ziwa da Zankyou de qualidade em prestação de serviço em casamentos.

A fotografa conta qual seu sentimento ao registrar os momentos. “Encontrei o meu modo de retratar a força e história das pessoas através de retratos. Hoje me emociono em ver que além do impacto no público eles também alcançaram destaque técnico a nível mundial”.

Por conta da pandemia, muitos casamentos foram adiados. Com isso, Nayara se reinventou e, com a flexibilização, montou um estúdio em sua casa e começou a fazer retratos de mulheres com o objetivo de resgatar a autoestima delas. “Eu comecei a fazer os retratos em estúdio e foi assim que nasceu meu projeto que hoje chamo de Donna. Depois disso, percebi que as coisas fluíram e cresceram”, destacou.

Para a fotógrafa, a indicação ao Golden Lens Awards nessa nova categoria já era esperada, pois em sua primeira participação com sete fotos enviadas, Nayara já havia conquistado prêmios em cinco delas. “Abri um leque muito grande com esse novo trabalho. Na parte de casamentos consegui estar mais alinhada nos retratos de noivos e também me fez ver e me descobrir como artista. Tirei a plaquinha de ‘Nayara fotógrafa’ e substitui pela ‘Nayara artista’”.

Para a vicentina, a participação dela nessa premiação ao lado de grandes nomes da fotografia mundial é o resultado de um trabalho bem feito. “Para mim vale em primeiro lugar a gratidão dos meus clientes, mas ser avaliada e reconhecida pela minha qualidade técnica mostra que vale a pena todo o mundo que eu invisto no meu trabalho”.

Acostumada a mostrar sentimentos em suas fotos de casamento, Nayara também trouxe isso para os retratos que passou a fazer em estúdio. Para ela é importante que a foto tenha uma ideia a ser passada e consiga demonstrar a essência da pessoa. “Eu nunca faço a foto só por fazer, sempre quero deixar uma marca. Quero que quem veja minhas fotos não achem somente bem feitas e bem trabalhadas, mas que vejam algo a mais, sintam a mensagem que eu quis passar”.

Todos os retratos já premiados de Nayara podem ser vistos no link https://inspirationphotographers.com/pro/portrait/nayara-andrade-2/

Texto: Celso Chiavelli

Créditos: Acervo Pessoal

 

Ecovias

ecovias