Acolhe PG amplia oferta de serviços por telefone

Central agenda consultas e transporte, acompanha gestantes e monitora casos de covid-19

Criado para ser uma ferramenta de atendimento a pessoas com covid-19 no início da pandemia, o Acolhe PG amplia sua gama de serviços para aproximar o munícipe da Administração Municipal e tudo que oferece. A central telefônica funciona todos os dias e conta com profissionais qualificados que prestam esclarecimentos e orientam sobre serviços de saúde ofertados pela Atenção Básica.

 

Em pouco mais de dois anos, mais de 404 mil ligações foram feitas e aproximadamente 103 mil atendimentos telefônicos recebidos. Com 96% dos pacientes curados da covid-19 em Praia Grande, o Acolhe PG é visto como uma das ações fundamentais no sucesso do Município no enfrentamento à pandemia. A central atende de segunda a sexta, das 8h às 20h, e aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 17h. O atendimento ocorre pelos telefones 162 e 3496-2281.

Por meio do Acolhe PG, a pessoa também pode consultar a sua posição na fila de consultas, exames e procedimentos na rede municipal de Saúde.

A equipe também comunica aos munícipes por mensagem ou ligação telefônica os agendamentos de consultas e procedimentos de especialidades. Foram totalizados mais de 93 mil avisos até o momento, agilizando a comunicação com a população e reduzindo o absenteísmo.

A central atende ainda pacientes que necessitam de transporte para tratamento de saúde fora do domicílio, tendo realizado mais de 25 mil solicitações e confirmações do serviço. A equipe desenvolve também diversos serviços administrativos e pesquisas com os munícipes que tem ajudado a aprimorar processos e melhorar a qualidade do atendimento à população.

GESTANTES - Outro destaque do Acolhe PG é o acompanhamento de gestantes de risco, contatando as futuras mamães logo após o diagnóstico médico para confirmar a primeira consulta de maior complexidade. Posteriormente, a central ampliou o serviço e agora faz um acompanhamento durante todo o período de risco, até a alta da paciente ou até o parto, tudo para garantir um pré-natal saudável e reduzir mortalidade materno-infantil.

O serviço ampliado visa garantir que a paciente não perca as consultas específicas, que geralmente ocorrem Centro de Atenção à Saúde (Ceas) da Mulher e, nos casos de alta complexidade, no Hospital Guilherme Álvaro, em Santos, e no Ambulatório Médico de Especialidades do Estado (AME) de Praia Grande. Se a gestante faltar nos dois primeiros equipamentos, a equipe do Acolhe PG remarca para o mais breve possível e avisa a paciente. Desde o começo foram feitas mais de 8.500 ligações de monitoramento de gestantes de risco.

AMAMENTAÇÃO – A central telefônica oferece atendimento específico para as novas e futuras mamães através do Disque Amamentação, canal direto com profissionais capacitados em fornecer orientações e tirar dúvidas a respeito do tema. O objetivo é reforçar a importância do aleitamento materno para manter os bebês saudáveis e diminuir a mortalidade infantil.

O atendimento ocorre pelo telefone 3496-5262 de segunda a sexta, das 9h às 16h, por ligação ou mensagem. Nesse período, pediatras, nutricionistas, fisioterapeutas e demais profissionais de saúde capacitados em aleitamento materno estão à disposição para tirar as dúvidas dos munícipes e de profissionais da rede que necessitem apoio técnico. E nos casos em que a dúvida indique acompanhamento presencial, a paciente é encaminhada pelo próprio serviço para a sua Usafa ou para o Posto de Coleta de Leite Humano.

Foto: Divulgação PMPG/Jairo Marques

 

Ecovias

ecovias