Mais de 360 toneladas de lixo são recolhidas durante a limpeza da orla no feriado

Manutenção no trecho foi realizada pela Sesurb nos períodos noturno e diurno

A limpeza da orla de Praia Grande é realizada diariamente, no período diurno e noturno, com equipes específicas atuando na faixa de areia, calçadão e avenida da praia. Ainda assim, as ações são intensificadas durante alguns períodos específicos e entre os dias 13 e 15 de novembro, final de semana prolongado por causa do feriado nacional de Proclamação da República, foram recolhidas 368 toneladas de lixo da orla durante trabalho realizado pela Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb).

Para abranger da melhor forma todos os 22,5 km de orla, o trabalho é feito com duas frentes de trabalho, uma que atua entre o Solemar e Maracanã, e outra do Canto do Forte e Mirim, pelas Divisões de Manutenção de Vias e Manutenção da Orla da Sesurb, respectivamente.

As equipes iniciam a partir das 7h o serviço de rastelo manual na faixa de areia. Ao longo do dia acontece a varrição completa do calçadão, que conta com o serviço manual, além da utilização de maquinários especializados como o caminhão varredeira (que retira até pequenos detritos do meio fio e pontos de difícil acesso das ciclovias) e as vassouras elétricas (que retiram detritos e areia do calçadão em menos tempo, agilizando o serviço em até cinco vezes).

De acordo com a secretária de Serviços Urbanos, Soraia Milan, todo mundo tem papel fundamental para a conservação da limpeza da orla. “A Prefeitura tem feito sua parte, trabalhando sem parar para manter a Cidade limpa como um todo. Porém moradores e turistas precisam colaborar também, não descartando lixo e itens inservíveis em áreas públicas”.

Além de contar com o bom senso e colaboração de todos, a Prefeitura realiza diversas campanhas e ações de divulgação de serviços/projetos de limpeza e manutenção pública através da internet pelos perfis oficiais da Administração e pessoalmente em áreas públicas, escolas, e em parceria com clubes de servir, entidades sociais e organizações particulares.

E quem for flagrado realizando o descarte irregular de lixo na orla pode sofrer sanções de acordo com o Código de Posturas Municipais (Lei 657/89).

17/11/2021

Foto: Divulgação PMPG

 

 

 

Ecovias

ecovias