Sabesp: Praia Grande facilita análise das famílias para obter tarifa social

Sabesp realiza avaliação de cada caso, pois assim é possível saber se as famílias se enquadram ou não nos requisitos da tarifa social

Praia Grande conseguiu junto a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) a facilitação da análise para obtenção da tarifa social para as famílias residentes em unidades de conjuntos habitacionais da Cidade. A medida tem como objetivo reduzir o impacto econômico e social para estas pessoas que residem nesses locais devido aos desdobramentos da pandemia da covid-19.

Para a concessão do benefício, a Sabesp realiza avaliação de cada caso. Desta forma, é possível saber se as famílias se enquadram ou não nos requisitos definidos dentro do programa da tarifa social.

O secretário de Habitação, Anderson Mendes, explica que a solicitação para que este benefício fosse colocado em prática foi encaminhada pela Prefeitura para a Sabesp em setembro. “A prefeita Raquel Chini se sensibilizou e autorizou o pedido da Prefeitura, que busca facilitar o pagamento da conta dos serviços de água e esgoto ao oferecer tarifas adequadas a realidade econômica dessas famílias que fazem parte dos programas habitacionais da Cidade”.

Umas das famílias beneficiadas é da operadora de caixa Daniele de Cássia Rodrigues Maguini. Aos 28 anos, ela mora em uma unidade do Conjunto DER, no bairro Sítio do Campo. A notícia da implantação da tarifa social na conta de água e esgoto chegou em boa hora. “Foi importante essa solicitação que a Prefeitura fez para a Sabesp. Isso vai ajudar muita gente que estava sem dinheiro para pagar a conta. Também é importante porque é um valor que pode ir para outra coisa, como, por exemplo, comprar mais alimentos no supermercado”, disse.

De acordo com dados levantados pela Secretaria de Habitação (Sehab) de Praia Grande, aproximadamente 7 mil pessoas serão beneficiadas com a implantação da tarifa social pela. Atualmente, a Cidade possui pouco mais de 1.700 unidades habitacionais em 23 conjuntos.

A Sehab confirmou também que os quatro novos conjuntos habitacionais entregues neste ano, os Imperador III, IV, V e VI, já estão incluídos no programa da tarifa social da Sabesp.

18/10/2021

 

Ecovias

ecovias