Uvebs se reúne com secretários de saúde nesta sexta

 

 

Objetivo é conhecer a real situação das cidades, com a finalidade de organizar a retomada econômica na Baixada, com foco no comércio e no turismo

A União dos Vereadores da Baixada Santista (Uvebs) definiu como meta a realização de um planejamento metropolitano para a retomada econômica na região, com base no turismo e no fomento do comércio local, principalmente da área gastronômica. Para garantir que essa recuperação esteja alinhada aos protocolos de saúde, a diretoria do colegiado se reúne virtualmente com os secretários de saúde das nove cidades da região. O encontro online será nesta sexta-feira, dia 14, às 10h30.

Durante o evento, além de informações sobre os protocolos de saúde para poder orientar os comerciantes, os vereadores vão colher dados sobre a real situação dos leitos, status de vacinação nas cidades e demais questões atreladas ao atendimento de pacientes diagnosticados com Covid-19.

“Nosso objetivo é criar um plano, com estratégias para este momento, que estamos vivendo e para o futuro, quando a situação estiver mais controlada. Sabemos que não há mais condições econômicas de conviver com este ‘abre e fecha’. Portanto, se tivermos regras claras, sendo cumpridas, é possível encontrar o equilíbrio”, disse o presidente da Uvebs, Roberto Andrade e Silva, o Betinho (PSDB/Praia Grande).

UVEBS

Criada em 2010 para congregar os vereadores das nove cidades da Baixada Santista — Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande, Peruíbe, Santos, São Vicente — a União dos Vereadores da Baixada Santista (Uvebs) representa os 136 vereadores, que atuam pela Região — localizada no Litoral de São Paulo — com mais de 1,8 milhão de habitantes.

O grupo visa fortalecer os municípios de forma metropolitana e trazer soluções a questões comuns às cidades, por meio de interlocução política, inclusive com outros entes dos poderes Estadual e Federal.



 

 

Ecovias

ecovias