Cineclube Pagu segue destacando nomes do cinema nacional

Episódio destaca curiosidades sobre as produções Floradas na Serra e Nem Sansão Nem Dalila

O Cineclube Pagu Online segue destacando os filmes que marcaram o cinema brasileiro. No segundo programa da série, que foi ao ar na quarta-feira, dia 7, no canal Cultura Santos no YouTube (https://www.youtube.com/c/CulturaSantos/featured), o crítico Marcelo Pestana debate e apresenta curiosidades sobre as produções Floradas na Serra e Nem Sansão Nem Dalila.

Dirigido pelo italiano Luciano Salce, com roteiro baseado em romance homônimo de Dinah Silveira de Queiroz, Floradas na Serra, de 1954, acompanha a história de uma moça que vai para Campos do Jordão em busca de paz. Em uma consulta de rotina, ela descobre que está com tuberculose e decide voltar para sua cidade. Mas, na estação de trem, a jovem conhece um homem que lhe dará motivos para ficar. O elenco traz nomes como Cacilda Becker, Jardel Filho, John Herbert e Ilka Soares, entre outros.

Lançado no mesmo ano, Nem Sansão Nem Dalila tem direção de Carlos Manga e é estrelado por Oscarito. A comédia traz à tela a história do barbeiro Horácio, que sofre um insólito acidente e vai parar no Reino de Gaza, no século IV antes de Cristo. Lá, ele conhece Sansão, dono de uma força descomunal que vem de uma milagrosa peruca.

MÚSICA – No canal também é possível ver a nova série de vídeos da Orquestra Sinfônica Municipal de Santos (OSMS), que estreou em 1º de abril.

Batizada de Ouvindo Música com os Músicos, a série apresentará programas que destacam músicos da sinfônica santista trazendo abordagens sobre as obras de grandes compositores e demonstrando como seus instrumentos se encaixam nas composições escolhidas.

No programa de estreia, comandado pelo regente assistente da OSMS, José Consani, a violista Luciane Monteiro e o violinista Sergio Carvalho destacam as 12 sonatas para violino, de Vivaldi. Já o pianista Gustavo Fiel apresenta a obra Pavane Pour Une Infante Défunte, de Ravel.

09/04/2021

 

Ecovias

ecovias