Anderson Silva fará luta de boxe em junho contra ex-campeão mundial

Spider anunciou que trocará o octógono pelo ringue em combate contra Julio César Chávez Júnior


A lenda do MMA mundial, o brasileiro Anderson Silva já possui luta marcada. Após não renovar contrato com o Ultimate Fighting Championship (UFC), o Spider anunciou que trocará o octógono pelo ringue, em combate contra o mexicano e ex-campeão mundial de boxe, Julio César Chávez Júnior, de 35 anos. Os dois se enfrentarão em 19 de junho, no Estádio Jalisco, em Guadalajara, no México.

Em entrevista ao americano TMZ, Silva disse que “ao olhar para trás, para minha jornada, vejo que nada foi em vão. Estou extremamente feliz pela oportunidade de testar minhas habilidades no boxe. Treino continuamente, sempre buscando resiliência e superando obstáculos. Lutar é meu fôlego eterno”, afirmou.

Natural de São Paulo, o atleta de 45 anos é considerado por muitos como uma das maiores referências do MMA de todos os tempos. Entre janeiro de 2006 e julho de 2013, Anderson detonou todos os adversários que colocaram na sua frente. Neste período, foram 17 lutas e 17 vitórias, além de dez defesas de cinturão dos pesos médios (até 84 kg).

Em outubro do ano passado, mesmo seu contrato prevendo a realização de mais um combate, Anderson Silva realizou sua última luta pelo UFC, quando foi derrotado pelo jamaicano Uriah Hall. No dia seguinte, o brasileiro escreveu em suas redes sociais que se despedia “de uma vida inteira dedicada ao esporte”.

Durante seus 23 anos de carreira, Anderson Silva realizou 46 lutas oficiais, sendo 34 vitórias, 11 derrotas e um “no contest”.

O adversário do brasileiro Julio Cezar Chávez Junior é filho do lendário lutador Julio Cezar Chávez, o cinturão dos médios da WBC entre 2011 e 2012. Com três derrotas nas últimas cinco lutas, possui 58 lutas na carreira, com 52 vitórias, cinco derrotas e um empate.

No mesmo evento, inclusive, seu pai também realizará uma luta de exibição. Aos 58 anos, Julio Cezar Chávez enfrentará Hector Camacho Júnior. O porto-riquenho é filho de Hector “Macho” Camacho, adversário de Chávez em 1992, que foi assassinado a tiros em 2012.

05/04/2021

 

Ecovias

ecovias