PG cria pré-manual para volta das atividades esportivas presenciais

Documento segue orientações de saúde e por enquanto ainda não há data para o retorno das aulas


Um pré-manual com protocolos sanitários está sendo estudado e produzido pela Secretaria de Esporte e Lazer (Seel) de Praia Grande para o retorno das atividades presenciais nos polos da Cidade. O documento visa estabelecer deveres de alunos, atletas e técnicos por conta da pandemia da covid-19.

O pré-manual sugere três fases para o retorno das atividades presenciais esportivas: a primeira com treinamento sem contato físico entre os alunos, atletas e professores; a segunda com contato limitado e a terceira e última etapa sem restrições.

Além disso, o manual destaca a necessidade de exames médicos, uso de máscara, medição de temperatura, higienização das mãos e calçados, utilização de toalhas individuais, limpeza regular dos locais de treino, distância mínima entre os esportistas, entre outros.

De acordo com o titular da Seel, José Carlos de Souza, ainda não há data estabelecida para a volta presencial. “Mas já trabalhamos no desenvolvimento deste pré-manual. Acompanhamos as determinações das autoridades da área da saúde, tanto federal, quanto estadual e municipal. A partir daí, determinaremos com precisão nossas ações. A prioridade é o bem-estar e a saúde de todos aqueles que praticam atividade física por meio do poder público”, explica.

Souza explicou que no programa SuperEscola, que é destinado as turmas de iniciação, por exemplo, a tendência é que a pasta siga o calendário da Secretaria de Educação (Seduc) local. Assim, quando retornarem as aulas escolares, também voltarão às atividades. A previsão é de que o ensino educacional volte de forma gradativa a partir de setembro, pois o Município seguirá as recomendações do Estado. Já na área competitiva, a Seel aguarda direcionamentos das Federações e Confederações de cada modalidade.

O estudo é de responsabilidade do Departamentos Sócio-Educativo (turmas de iniciação) e Esportivo (equipes de competição) da Seel.

Segundo o diretor do Departamento Esportivo pasta municipal, Cláudio Luiz Monteiro de Morais, o Camarão, o documento será essencial para uma volta segura e saudável. “Já estamos há mais de 30 dias realizando cursos, seminários virtuais e buscando protocolos já estabelecidos. O pré-manual é importante porque estabelecerá as necessidades, parâmetros e diretrizes gerais e específicas no período de pós-distanciamento social. Não podemos e não vamos nos basear em opiniões, mas sim em conceitos científicos e legais”, assegurou.

No total, antes da suspensão das atividades presenciais em 17 de março, mais de 5.000 pessoas integravam as turmas municipais em 31 modalidades, incluindo práticas acessíveis às pessoas com deficiência física.

28/07/2020

 

 

 

Ecovias

ecovias